AMIGOS DE PEIXES DESPORTIVOS DO MUNDO

sábado, 24 de outubro de 2015

O CAÇÃO - Mustelus canis (Mitchill, 1815)


FAMILÍA: seláceos

LONGEVIDADE: 16 anos.

PROFUNDIDADE: 0 a 200 metros.

COMPRIMENTO: 1,5 metros.

PESO: 12 kilos.

DISTRIBUIÇÃO: oeste do oceano Atlantico, desde Massachussetts até à Florida.Venezuela, Cuba, Jamaica, Bermudas, Barbados, Bahamas. Sul do Brasil até ao noroeste de Argentina.



BIOLOGIA: o cação é muito comum nos fundos do Atlantico Ocidental, encontra-se normalmente em alto mar, mas tem o hábito de fazer incrusões de caça em água doce, este factor proprociona aos pescadores de surfcasting a oportunidade de capturar tão belos animais. Possui grandes barbatanas peitorais e uma segunda barbatana dorsal bastante grande, que é quase do mesmo tamanho que a primeira.Ostenta un espiráculo ( orifício redondo que constitui um vestígio de uma primeira fenda branquial) por detrás de cada olho. Os machos podem viver normalmente até aos 10 anos e as femeas cerca de 16 anos. A pró-creação dá-se de maio a junho e depois de um periodo de gestação que oscila entre os 10-10 meses a femea dá à luz uma camada que pode ir de 4 a 20 alevins. Os exemplares jovens alimentan-se de tudo, mas em particular de minhocas, camarões e carangueijos. 

ALIMENTAÇÃO: crustáceos, especialmente lagostas, camarões e carangueijos. 

MÉTODOS DE PESCA: surfcasting, spinning, jigging, pesca embarcada.


RÉCORD IGFA: encontra-se em 

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

O TUBARÃO LEOPARDO - Triakis Semifasciata (Gerard 1854)


FAMILÍA: seláceos.

LONGEVIDADE: 30 anos.

PROFUNDIDADE: 0 - 6 metros.

COMPRIMENTO: machos até 1.5 metros e as fêmeas até 2 metros.

PESO: 32 kilos.

DISTRIBUIÇÃO: golfo de Califórnia e Este do Océano Pacifico.



BIOLOGIA: este tubarão de um colorido tão característico frequenta as águas litorais ao longo da costa do Pacífico, dos Estados Unidos. É uma presença constante nas Baías de águas superficiais da Califórnia. Encontra-se normalmente em fundos arenosos a menos de 3 metros de profundidade. A maioria dos tubarões leopardo permanecem dentro de uma área em particular, não recorrem grandes distâncias como alguns membros da sua familia, isto provoca algumas diferencias genéticas dentro da mesma espécie. Durante os meses de Março a Junho a fêmea dá à luz entre 6 - 24 jovens leopardos depois de um período de gestação de 10 -12 meses. Estes pequenos predadores nascem com cerca de 20 cm, porém o seu crescimento é relativamente lento e leva vários anos até madurar. Devido ao seu crescimento tão lento o tubarão leopardo esteve em vias de extinção durante a década dos 80, devido à pesca massiva desta espécie, depois de um breve periodo de declive, as novas leis de pesca salvaram a espécie. Devido ao seu lento crescimento nos Estados Unidos é um dos peixes mais desejados no sector da aquariofilia. 

ALIMENTAÇÃO: ameijoas, milhocas, carangueijos, camarões, qualquer tipo de peixes do seu habitat.

MÉTODOS DE PESCA: spinning, mosca, corrico, surfcasting, pesca embarcada.



RÉCORD IGFA: encontra-se em 20.160 kg capturado no dia 31 de Dezembro de 2011 por Maria de la Luz Johnson em San Diego Bay, Califórnia.


EDITOR

A minha foto

Los que me conocen, saben quien soy...