AMIGOS DE PEIXES DESPORTIVOS DO MUNDO

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

O BACALHAU DE MURRAY - Maccullochella peelii peelii (Mitchell, 1838)


FAMILIA: percictídeos

LONGEVIDADE: 70 anos

PROFUNDIDADE: 0 - 10m

COMPRIMENTO: 1,80cm

PESO: 113,5 kg

DISTRIBUIÇÃO: Oceania, no rio Murray-Darling e na maior parte dos seus afluentes. Intruduzido com bastante aceitação em muitos lagos e rios do sudoeste, também é utilizado como peixe ornamental em grandes aquários.



BIOLOGIA: o Bacalhau de Murray é um dos maiores peixes de água doce do nosso planeta, infelizmente encontra-se entre as espécies em perigo de extinção. Adapta-se a grande variedade de cenários, tanto pode viver num rio caudaloso como num tranquilo lago. O murray é muito territorial, normalmente oculta-se numa cova ou buraco na rocha e controla o seu território como um autêntico cão de guarda. O murray atinge a maturidade ao alcançar os 48-62 cm. A sua reprodução dá-se de primavera até ao princípio do verão, na fase de alevín alimenta-se de zooplâncton e pequenos invertebrados, mas rápidamente começa a atacar presas maiores devido a alta taxa de crescimento que possui. O murray é um dos peixes que melhor cuida das suas crias, depois de depositar os ovos a femêa retira-se para que o macho os fecunde, a partir de esse momento o macho cuida dos ovos até ao nascimento dos alevins e só deixa de protegê-los quando são auto-suficientes. Durante a sua fase juvenil o murray imigra com bastante frequência, porém ao atingir o estado adulto, normalmente procura um território e estabelece o seu límite de deslocamentos a esse espaço. Esta foi uma das razões que ajudou à sua captura por parte dos pescadores, visto que ao estabelecer-se numa zona bastante reduzida oferecia grandes possibilidades de ser capturado com certa facilidade.
                                                                    Cortesia de:



ALIMENTAÇÃO: invertebrados, rãs, cobras, peixes, patos, ou qualquer outro animal que se deixe capturar por este grande predador.

MÉTODOS DE PESCA: corrico, spinning, mosca, carpfishing.

VIDEO: a captura de vários murray com spinnerbaits.



RECORD IGFA: encontra-se em ?

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

O GIANT TREVALLY - Caranx ignobilis ( Forsskål, 1775 )



FAMÍLIA: carangídeos

LONGEVIDADE: ?

PROFUNDIDADE: 0 - 180m

COMPRIMENTO: 170cm

PESO: 80kg

DISTRIBUIÇÃO: sobretudo no Indo-Pacifico, porém com notável presença na Àfrica do Sul e no oeste do Hawai, também no Japão e Austrália.



BIOLOGIA: é o espécime mais grande do género caranx, e o quinto membro mais grande da familía dos carangídeos. Embora seja mais conhecido na giría dos pescadores como GT. O seu perfil é simplesmente escandaloso, uma cabeça enorme em relação ao corpo que têm, parece um verdadeiro ariete, mas não se deixem enganar por esta deforme aparência o GT é uma máquina de caça, rápido e letal.  Normalmente a sua côr é prateada com pequenas manchas escuras, porém os machos ao atingirem a madurez o que acontece por volta dos 3 anos e com um comprimento de uns 60cm. Nessa altura ficam com uma côr mais escura quase negra embora o seu ventre continua de côr branca. O giant trevally habita numa grande variedade de fundos marinhos, desde estuários, baias pouco profundas ou lagoas. Os adultos vivem no alto mar, porém a captura de um juvenil é bastante fácil, e pode ser capturado mesmo da praia. Nesta altura suportam muito bem a baixa salinidade e não é raro serem capturados em entradas de estuàrios, ou entradas de rios onde adoram caçar com a água turva. É um peixe que cresce relativamente rápido como quase todos os predadores. A reprodução dá-se no verão e é um espetáculo grandioso, onde centenas de milhar de GT´s se juntam perto de recifes de coral ou zonas rochosas para procriar. A luta com um GT adulto, é épica, um incansável lutador capaz de partir em duas a mais forte das canas!!!

                                                                    Cortesia de:





ALIMENTAÇÃO: peixes, cefalópodes, moluscos e crustáceos, são a principal base da sua dieta.


MÉTODOS DE PESCA: surfcasting, corrico, spinning, mosca, jigging.


VIDEO: a captura de um GT com popper, uma das formas mais fascinantes de pescar este colosso.




RECORD IGFA: encontra-se em 72,800kg capturado por Keiki Hamasaki no dia 22/05/2006 em Takara Kagoshima no Japão.

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

O MANGAR - Luciobarbus esocinus ( Heckel, 1843 )


FAMÍLIA: ciprinídeos

LONGEVIDADE: ?

PROFUNDIDADE: ?

COMPRIMENTO: 2,30 m.

PESO: 198 kg.

DISTRIBUIÇÃO:  no continente Asiático, principalmente en Síria, Turquía, Irán e Irak, distríbuido em pelas inumeráveis ramificações dos ríos Tigris e Éufrates.


BIOLOGIA: muitos de vós devem ter na memória esta fotografia, famosa faz algum tempo não pelo peixe em sí mas pelo sitio onde foi capturado, nada mais e nada menos que num dos famosos lagos artificiais do famoso ditador Sadam , capturado por um soldado americano, com uma simples côdea de pão. O seu nome científico faz referência ao lucio devido ao facto que é muito mais comprido e muito mais grande que o barbo normal. Porém a espécie pertence à família dos barbos tal como se pode apreciar em qualquer fotografía deste magnifico animal. Claro está que um exemplar que pasa com facilidade a tabela dos 100kg não nos faz lembrar um barbo, mas neste caso é mesmo assim. Agora só faz falta imaginar a potência e a velocidade dos nossos barbitos multiplicada por 100!!  Deve ser dessas histórias para contar aos netos. Embora seja um animal colossal, não deixa de ser um ciprinídeo, portanto o seu comportamento não difere muito do mais común dos nossos barbos tanto em alimentação como em reprodução, a diferença mais notável é essa taxa de crescimento tão espetácular. Não existe muita informação sobre esta espécie devido às suas origens, países que práticamente estão isolados do mundo devido à sua política, enfim uma pena. Ao fundo podemos apreciar o que foi o palacio de Sadam.


ALIMENTAÇÃO: como ciprinídeo a sua alimentação é simples, come tudo o que lhe entre pela boca, o afortunado pescador que ostenta o record do mundo capturou esse record com pedaços de peixe.

MÉTODOS DE PESCA: corrico, carpfishing, spinning, mosca.

RECORD IGFA: encontra-se em 123kg e 2,25m capturado por Jesús Yavuz no mes de fevereiro do ano 2010 na barragem de Karakaya em Turquía.



Peço desculpa pela imagem, lógicamente não é a melhor forma de mostrar o record do mundo, mas é a única imagem disponível.

EDITOR

A minha foto

Los que me conocen, saben quien soy...