AMIGOS DE PEIXES DESPORTIVOS DO MUNDO

domingo, 20 de março de 2011

A URTA - Pagrus auriga ( Valenciennes, 1843 )


FAMILIA: espárídeos

LONGEVIDADE: ?

PROFUNDIDADE: 0 - 170 m

COMPRIMENTO: 80 cm

PESO: 3 kg


DISTRIBUIÇÃO: a Urta está presente no Este do Oceano Atlântico, deste Portugal a Angola, passando pelo Mediterrâneo, Madeira e Ilhas Canárias.



BIOLOGIA: um mariscador nato, a Urta ( Pargo ruço) é um dos mais belos peixes do nosso mar, a morfologia da Urta adulta é de um corpo oval, achatado e alongado, com listas vermelhas e com manchas pretas na metade superior, têm uma mandíbula poderosa provida de quatro grandes caninos cilíndricos na parte superior e seis na parte inferior, além de poderosas linhas de molares, embora seja totalmente diferente em espécimes juvenis, que apresentam um corpo mais alto e onde se destacam os primeiros raios espinhosos da barbatana dorsal, no corpo têm como base umas listas vermelhas no sentido transversal.


Chegando até mesmo a parecer durante muitos anos que são de espécies distintas. Habita em fundos rochosos, zonas de coral com misto de algas, onde abundam cefalópedos e todo tipo de crustáceos, que formam a base da sua dieta alimentar. Como curiosidade destaco o hermafrodismo da espécie, As pequenas Urtas nascem fêmeas e com o tempo tornam-se em machos, estes grandes exemplares, tendem a tornar-se solitários, ao contrario dos juvenis que vivem em cardumes por uma questão de subervivência. A sua picada têm por costume ser bastante violenta, não é um peixe que te deixe sem linha no carrete no entanto a sua luta é titânica, e sim te deixará o braço vazio.

                                                                           Cortesia de:


ALIMENTAÇÃO: em relação à alimentação, também à uma marcada diferença entre os juvenis e os adultos, já que os últimos se alimentam basicamente de ouriços do mar, todo tipo de caranguejos (em especial os heremitas), pequenos polvos, lulas e chocos, não desperdiçando também qualquer peixe pequeno de outra espécie, sem dúvida alguma que se trata de um grande predador. Os juvenis podemos pescar com quase todo o tipo de isco, desde lagostins pequenos até à minhoca americana e claro com caranguejos pequenos.


MÉTODOS DE PESCA: jigging, ao fundo.



                         ACONSELHO AS AMOSTRAS PELA DESPORTIVIDADE !!!


RECORD IGFA: encontra-se em 3 kg capturada por Serge Bensa no dia 03/09/1986 em Nouadhibou, Mauritânia.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Agradeço todos os comentarios que sejam feitos sobre PEIXES DESPORTIVOS DO MUNDO, sempre que os mesmos tragam ideias positivas e constituam uma mais valia ao blog.

EDITOR

A minha foto

Los que me conocen, saben quien soy...