AMIGOS DE PEIXES DESPORTIVOS DO MUNDO

terça-feira, 22 de maio de 2012

MERO - Epinephelus marginatus (Lowe, 1834)


FAMÍLIA: serranídeos

LONGEVIDADE: 50 anos

PROFUNDIDADE: 0 - 300m

COMPRIMENTO: 150cm

PESO: 60kg


DISTRIBUIÇÃO: este e sudoeste do Oceano Atlântico e Oceano Indíco, Mediterrâneo, Baía de Biscaya, também mas com menos população no Brasil, Uruguay e Argentina.




BIOLOGIA: como a maioria dos meros, a atingir um tamanho consideravél torna-se um peixe solitário, embora se possam encontrar grandes cardumes na época do acasalamento. Vive em estruturas submarinas, com clara perferência por zonas coralinas ou rochosas, mas adapta-se com grande facilidade a outras estruturas tais como plataformas petrolíferas ou barcos afundados, para o pescador desportivo é um peixe estrela, muito cobiçado, pelas extraordinárias dimensões que alcança e pela aguerrida luta que proprociona ao afortunado que o consegue fisgar. Durante a sua juventude pode ser capturado em zonas costeiras, ou em estuários onde se adentra para alimentar-se de pequenos camarões e peixes. A principal defesa do mero é ocultar-se na sua "toca" utilizando o seu peso para evitar ser elevado à superficie, o que normalmente funciona, pois um mero depois de entocado é muito dificíl de capturar.


ALIMENTAÇÃO: camarões, caranguejos, lagostas, moluscos, polvos e peixe.

MÉTODOS DE PESCA: spinning, jigging, surfcasting, corrico.

RECORD IGFA: encontra-se em  21.250kg capturado por Luca Bonfanti no dia 11/05/1990 em Porto Cervo, Sardenha, Itália.



                                                         HOMENAGEM AOS AMIGOS

Sem comentários:

Enviar um comentário

Agradeço todos os comentarios que sejam feitos sobre PEIXES DESPORTIVOS DO MUNDO, sempre que os mesmos tragam ideias positivas e constituam uma mais valia ao blog.

EDITOR

A minha foto

Los que me conocen, saben quien soy...

Arquivo do blogue