AMIGOS DE PEIXES DESPORTIVOS DO MUNDO

sexta-feira, 25 de maio de 2012

O MERO DE VARSÓVIA - Epinephelus nigritus (Holbrook, 1855)


FAMÍLIA: serranídeos.

LONGEVIDADE:

PROFUNDIDADE: 0 - 525m.

COMPRIMENTO: 230cm.

PESO: 263kg.

DISTRIBUIÇÃO: Oceano Atlântico (Oeste), Massachusetts, Golfo do México, Cuba, Trinidade e Tobago, Rio de Janeiro e São Paulo.


BIOLOGIA: o mero de Varsóvia tem uma coloração uniforme castanha escura avermelhada e é o único mero com a mesma tonalidade na sua côr. Mesmo no estado de juvenil já tem esta côr, todos os outros meros mudam a tonalidade tanto pelo crescimento como pelo habitat ou alimentação. É uma espécie solitária como normalmente acontece com os meros, habita fundos de rocha ou recifes de coral mas pode ser encontrado em qualquer tipo de estrutura submarina, como destroços de navios, plataformas de petróleo ou qualquer outra estrutura que lhe proprocione abrigo e alimento.Embora seja um mero que normalmente vive em grandes profundidades na sua fase juvenil, até 10-20kg pode ser pescado com técnicas de surfcasting. Actualmente encontra-se entre as espécies protegidas.


                                                                        Cortesia de:



ALIMENTAÇÃO: camarão, caranguejo, lagostas, polvos e peixe.

MÉTODOS DE PESCA: surfcasting, spinning, jigging, corrico.

VIDEO: uma pequena amostra de um mero de Varsóvia.


RECORD IGFA: encontra-se em 198.100kg capturada por Steve Haeusler no dia 22/12/1985 no Golfo de México, Flórida, U.S.A.

CURIOSIDADES: na familía dos meros o Mero de Varsóvia é o único que possui 10 espinhas dorsais.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Agradeço todos os comentarios que sejam feitos sobre PEIXES DESPORTIVOS DO MUNDO, sempre que os mesmos tragam ideias positivas e constituam uma mais valia ao blog.

EDITOR

A minha foto

Los que me conocen, saben quien soy...

Arquivo do blogue