AMIGOS DE PEIXES DESPORTIVOS DO MUNDO

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

O ALABOTE DO PACÍFICO - Hippoglossus stenolepis


FAMÍLIA pleuronectídeos

LONGEVIDADE: 55 anos

PROFUNDIDADE: 0 - 1.200 m

COMPRIMENTO: 250 cm

PESO: 300 kg

 
DISTRIBUIÇÃO: Norte do Oceano Pacifico.


BIOLOGIA: este enorme peixe chato de olhos dextrógiros ( olhos cujo carbono asimètrico se encontra deslocado para o lado esquerdo), e o seu congenére da Atlántico (Hippoglossus hippoglossus) estão entre os peixes marinhos de maiores dimensões. Nos dias que se seguem a éclosão a larva de um peixe chato assemelha-se à de qualquer outro peixe, mas depois começa a transformar-se e a adquirir a forma comprimida e assimétrica que os faz adaptar de uma forma magnífica, a um vida junto ao fundo do mar. Este voraz predador alimenta-se de peixe, lulas, polvos e outros invertebrados, com o seu corpo chato cola-se ao fundo e enterra-se na areia deixando apenas os olhos de fora ficando completamente camuflado com o fundo, espera pacientemente até que uma possivel presa se aproxima o bastante para estar ao alcance da sua boca, atacando então com uma velocidade vertiginosa, succiona a victíma.

 Na fase adulta somente se pode capturar este colosso em grandes profundidades, porém durante a sua juventude e pescavél em zonas de relativa profundidade e ao alcance de  pescadores de surfcasting.Excelente nadador capaz de levar a cabo viagens de millares de km na procura de alimento ou de melhor habitat. As fêmeas crescem mais que os machos atingindo tamanhos e pesos descomunais, e o seu nível de reprodução é simplesmente espantoso, uma fêmea com um peso mèdio de 100 kg tem a capacidade de pôr cerca de 4 milhões de ovos, os quais ficam a deriva até a sua éclosão.O macho porém raramente ultrapassa a barreira dos 40 kg. Isso sim, é o mais longevo da espécie e cresce mais rápidamente que a fêmea. A melhor época para a sua pesca vai desde Janeiro a Outubro. Penso que sobra qualquer comentário sobre a luta que deve dar um "bichinho" destes e deixo estas considerações à vossa imaginação.

                                             Cortesia de J. Sinclair



ALIMENTAÇÃO: arenques, sardinhas, cavalas, lulas, chôcos e amostras.

MÉTODOS DE PESCA: surfcasting. spinning, jigging.

                            ACONSELHO AS AMOSTRAS PELA DESPORTIVIDADE.

RECORD IGFA: encontra-se em 208,200 kg capturado por Jack Tragis no dia 11/06/1996 em Dutch Harbor, Alaska, U.S.A.

3 comentários:

Agradeço todos os comentarios que sejam feitos sobre PEIXES DESPORTIVOS DO MUNDO, sempre que os mesmos tragam ideias positivas e constituam uma mais valia ao blog.

EDITOR

A minha foto

Los que me conocen, saben quien soy...

Arquivo do blogue