AMIGOS DE PEIXES DESPORTIVOS DO MUNDO

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

O TARPÃO - Megalops atlanticus


FAMÍLIA: elopídeos.

LONGEVIDADE: 30 anos nos machos e 50 anos nas fêmeas.

COMPRIMENTO: 2 m

PESO: 160 kg.

PROFUNDIDADE: ?


DISTRIBUIÇÃO: Atlântico ocidental, golfo do México, Caraíbas, costa ocidental da América central e costa do noroeste de África.



BIOLOGIA: o rei de prata, é apenas um dos nomes que tem este espectacular peixe. Valenciennes descreveu pela primeira vez o tarpão em 1847 classificando-o no género Megalops, nome derivado do grego que significa "o dos olhos grandes" uma das características do tarpão. É o peixe que tem a maior capacidade de pôr ovos, cerca de 12 milhões. A emigração para a reprodução dá-se nos meses de Maio a Junho e fazem incursões em rios e estuários para o acto. A típica cor prateada com tons de azul escuro ou verde no lombo, muda a castanho escuro ou negro quando permanecem muito tempo em águas interiores.

 
O grande tarpão pesca-se normalmente em ribeiros em que entra a maré, estuários, mangues e lagoas, podendo por vezes ser capturado ao largo da costa. As suas escamas são grandes e rijas, com um brilho metálico e o ultimo raio da barbatana dorsal é extremamente alongado. Na mesma família existe também o tarpão do Indo-Pacífico (megalops cyprinoides, bastante mais pequeno - 18 kg). Devido às características da sua cabeça e da sua boca, extremamente óssea, o tarpão é um adversário difícil de capturar, pois a sua boca tem pouca aderência a qualquer tipo de anzol. O tarpão tem que engolir o anzol para que exista uma possível prisão. Para além de tudo isto, o tarpão tem a "técnica" apuradíssima de saltar e sacudir a cabeça no ar para se libertar. Tem também a capacidade de respirar oxigénio do ar, devido a possuír uma bexiga gasosa modificada. Esta bexiga, contém tecido alvéolar e esponjoso, com um canal que comunica directamente com o esófago, o que na natureza é o mais parecido com um pulmão. Portanto cada vez que salta para se libertar, enche o "depósito de combustível", o que faz do tarpão uma autêntica máquina. Se a isso juntarmos o peso médio que é de 30 a 50 kg, já se pode fazer uma ideia do que é pescar este peixe. Temperamental, pode comer até pedras e noutras ocasiões não querer nada.

                                                                 Cortesia de J.C. Poiret    
                                         


ALIMENTAÇÃO: qualquer peixe do seu habitat e amostras ou moscas.

MÉTODOS DE PESCA: spinning, mosca, a bóia e a deriva.

O VIDEO: pura prata.





                            ACONSELHO AS AMOSTRAS PELA DESPORTIVIDADE.

RECORD IGFA: categoria All-Tackle, encontra-se em 129.982 kg capturado por Max Domecq no dia 20/03/2003 em Rubane Guine Bissau.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Agradeço todos os comentarios que sejam feitos sobre PEIXES DESPORTIVOS DO MUNDO, sempre que os mesmos tragam ideias positivas e constituam uma mais valia ao blog.

EDITOR

A minha foto

Los que me conocen, saben quien soy...

Arquivo do blogue